O site contém as melhores dicas, truques e soluções para problemas que você possa encontrar. Segredos, hacks de vida, histórias e tudo relacionado à vida e aos relacionamentos.

Quais são os dez livros para ler para ficar mais inteligente? O que você precisa ler para se tornar mais inteligente?

34
Contente

Livros para melhorar a inteligência – eles vão ajudar?

É difícil acreditar que existam pessoas que duvidem que os livros ajudem a desenvolver a inteligência ou não tenham certeza de que o cérebro pode ser treinado.

Acredite em mim, ler (se não for tablóide estúpido) pode fazer maravilhas com uma pessoa.

Aumento de inteligência: ficção ou fato?

A palavra “intelecto” vem do latim lexema intellectus e é traduzida como compreensão, conceito, razão, sensação.

Quando caracterizamos uma pessoa como intelectual, sem ambigüidades consideramos que ela é uma pessoa muito inteligente.

No entanto, a inteligência é um conceito mais amplo do que a mente e inclui:

  • a capacidade de se adaptar rapidamente a novas circunstâncias;
  • a capacidade de navegar instantaneamente em uma situação que surgiu;
  • tendência para analisar;
  • velocidade de aprendizagem;
  • boa memória e intuição, etc.

Desde o nascimento, uma criança pode ser dotada intelectualmente. Isso se manifesta em sua capacidade de absorver novas informações mais rápido do que seus colegas. Mas mesmo que a natureza o tenha dotado com habilidades intelectuais de nível médio ou abaixo da média, isso não significa que você precisa se entregar.

Aumentar sua inteligência é como trabalhar seu corpo: você se exercita na academia para ter uma figura bonita e tonificada. A mente também pode ser treinada, mas não com a ajuda de halteres, mas com o uso de outras ferramentas.

O aumento mais eficaz no nível intelectual com a ajuda de:

  • livros;
  • jogos educativos
  • análise de informações;
  • aprender algo novo;
  • exercícios especiais.

Você pode trabalhar suas habilidades intelectuais em qualquer idade.

Como você pode melhorar sua inteligência com a ajuda de livros?

Os livros são amigos leais de pessoas inteligentes que lhes abrem novos mundos, fornecem informações úteis, permitem que passem o tempo de maneira interessante, mas útil, e servem como professores e mentores.

Com a ajuda deles, você pode fazer muito, por exemplo, deixar de ser uma pessoa estúpida sem educação e se tornar um verdadeiro intelectual.

Existem várias maneiras de aumentar a inteligência com livros:

  1. Leitura.

    Sim, você acabou de ler e treinar seu cérebro e memória. Se você for um leitor inexperiente, pode começar com uma literatura simples e compreensível. Até mesmo romances em série servem para começar.

    Gradualmente, comece a ganhar impulso, preenchendo as lacunas do currículo escolar, familiarizando-se com novidades literárias e bestsellers. Quando sua mente estiver forte o suficiente, você pode prosseguir para uma literatura mais complexa: científica, filosófica, histórica, etc.

  2. Memorização.

    Não existe maneira mais simples e eficaz de treinar inteligência e memória, como memorizar um texto. Comece com versículos, como aqueles que você ensinou na escola e depois esqueceu.

    Então lembre-se dos clássicos de que gosta, que podem ser recitados ocasionalmente, por exemplo, para sua amada em um momento romântico. Quando a poesia rimada se tornar fácil de memorizar, passe para a poesia branca e as passagens em prosa.

    Contribui para o desenvolvimento da inteligência, memorizando datas, nomes, nomes de lugares, etc.

  3. Obtenção de informações complementares.

    Deixe-me explicar com um exemplo. Por exemplo, você está lendo a história histórica “Taras Bulba” de N.V. Gogol, e ao longo do caminho você se interessou pelo Google ou por fontes impressas: a biografia do autor, que era o protótipo de Taras Bulba, quais eram a vida e os hábitos dos cossacos Zaporozhye, que tipo de guerra ucraniano-polonesa foi essa, como o trabalho foi publicado, em quais edições, etc.

    Ou seja, não apenas o enredo da história é depositado em sua cabeça, mas também inúmeros dados adicionais.

Pense devagar … Decida rápido, Daniel Kahneman

O psicólogo Daniel Kahneman é uma figura global. Ele desenvolveu uma das teorias econômicas psicológicas e recebeu o Prêmio Nobel.

É ele quem, ao longo de toda a sua trajetória profissional, tenta explicar o conhecido fenômeno: por que as pessoas gastam dinheiro de forma irracional e não agem de forma racional?

Muitos economistas e chefes de corporações transnacionais constroem seus modelos com base nas obras de Kahneman.

Ele poderia ter se tornado o homem mais rico do mundo e o empresário mais legal da história da humanidade, mas se dedicou exclusivamente à ciência, à escrita e às atividades educacionais.

Sobre o que é esse livro?

Think Slow … Decide Fast é um livro sobre psicologia cognitiva. Em geral, é surpreendente como uma obra escrita, de longe, não para um público amplo e longe da linguagem mais acessível, acabou se tornando um best-seller mundial.

Existem muitos gráficos, tabelas, gráficos e colunas enfadonhas com dados estatísticos. Ao mesmo tempo, por algum motivo, é impossível se separar, assim que você começa a entender, pelo menos aproximadamente, o que está em jogo.

O livro descreve um modelo de tomada de decisão humana – como Kahneman entende.

O processo de pensar, escolher e tomar uma decisão volitiva é descrito nos menores detalhes neurofisiológicos.

Sete pequenas aulas de física por Carlo Rovelli

Carlo Rovelli é um físico italiano que deu uma grande contribuição científica à teoria da gravidade quântica.

Ele também é um popularizador de gênio. Como ninguém, Rovelli é capaz de explicar coisas complexas em linguagem simples: o que é tempo, espaço, quanta, por que o mundo científico precisa de um Colisor de Hádrons?

Imediatamente após seu lançamento na Itália, este livro quebrou recordes de vendas – na terra natal do autor vendeu ainda melhor do que o gigante entre os bestsellers “50 Shades of Grey”!

Portanto, se você deseja finalmente descobrir por si mesmo o que é a física moderna e ser capaz de explicar resumidamente as principais disposições da teoria quântica em uma empresa inteligente, este livro é definitivamente para você.

Sobre o que é esse livro?

O trabalho de ciência popular de Rovelli não apenas toca em questões científicas, mas também facilmente e em linguagem simples apresenta ao leitor as biografias de cientistas e as circunstâncias do surgimento das hipóteses físicas mais populares.

Como Einstein criou sua teoria da relatividade? Como surgiu a mecânica quântica e quem dos cientistas está por trás dela? Como a física das partículas elementares difere apenas da física?

Existem respostas bastante acessíveis para todas essas perguntas no livro. Mas mesmo isso não é o principal.

O trabalho de Rovelli é direcionado principalmente para aqueles leitores que não têm nenhuma idéia sobre ciências físicas.

Como todos os livros mais populares, é como um livro didático do primeiro ano, mas escrito para adultos que já sabem um pouco sobre leitura.

Ao mesmo tempo, o resultado final depois de ler este trabalho, você pode se sentir várias vezes mais inteligente!

A Sexta Extinção: Uma História Não Natural, de Elizabeth Colbert

A jornalista Colbert dedicou toda a sua vida às questões ambientais e ambientais. Ela visitou quase todos os países do mundo, estudou espécies de animais e plantas ameaçadas de extinção e coletou dados científicos.

E cheguei à conclusão: a história da humanidade se desenvolveu de forma não natural, e o planeta está à beira da extinção. Uma conclusão esperada para um ativista ambiental, e o livro está repleto de fatos muito inesperados.

Quais são os dez livros para ler para ficar mais inteligente? O que você precisa ler para se tornar mais inteligente?

Segundo Colbert, a extinção de toda a vida no planeta é um problema global, mas subestimado. O jornalista afirma que qualquer dono de uma casa particular pode encontrar vestígios de extinção logo em seu quintal.

Também há conclusões otimistas no livro. Por exemplo, Colbert acredita que o aquecimento global pode desempenhar um papel positivo para o planeta em um futuro distante.

Sobre o que é esse livro?

O autor fala de forma convincente sobre os cinco períodos de extinção do planeta. Não apenas conta, mas também fornece ilustrações e dados científicos coloridos, faz listas, previsões e diagramas.

Ao mesmo tempo, Colbert é implacável em seu currículo: a atividade humana levará à sexta extinção. A menos, é claro, que as pessoas parem de jogar produtos químicos no ar, poluindo rios e esgotando o solo.

O livro de um jornalista americano não é de forma alguma material de propaganda e nem uma teoria paranóica de um cientista louco, como o título pode parecer à primeira vista.

Esta literatura é principalmente sobre o amor. Para as pessoas, animais, o planeta, a natureza e a própria vida.

Mais importante ainda, Colbert apóia cada uma de suas conclusões alarmantes com evidências, então é difícil reprovar este autor por alarmismo excessivo.

Capital do século 21, Tom Piketty

Se dividirmos a humanidade condicionalmente em dois campos políticos – a direita e a esquerda – então, para o primeiro, o livro de referência será “Atlas Shrugged” de Ayn Rand, e para o segundo – apenas “Capital no Século XXI”.

A ideia principal de “Atlas” é que o socialismo e o “igualitarismo” são o maior mal moral. Ao mesmo tempo, o economista Tom Piketty tem certeza de que o mal é justamente a concentração de todas as riquezas em uma mão.

Ao mesmo tempo, ele não é de forma alguma um “esquerdista” que defende “pegue e divida tudo”. Piketty está simplesmente propondo um imposto progressivo sobre as pessoas mais ricas, em vez de sustentar os dependentes que não trabalham.

Sobre o que é esse livro?

Piketty mostra como a desigualdade social e econômica se formou nos Estados Unidos e na Europa, e aonde levará a concentração de grandes rendas em um número limitado de carteiras.

Sua conclusão não agradará aos defensores do capitalismo selvagem: a desigualdade econômica se mostrará perigosa, em primeiro lugar, para os ricos e poderosos.

E são eles que se beneficiam ao fazer o máximo para reduzir o fosso social entre as pessoas. Por quê? Em seu livro, o economista argumenta categoricamente.

Quais são os dez livros para ler para ficar mais inteligente? O que você precisa ler para se tornar mais inteligente?

A tese principal de seu trabalho é simples: se o nível de retorno do capital for superior ao nível de crescimento econômico de um determinado estado, a concentração de riqueza aumentará.

E isso levará a consequências indesejáveis ​​para a comunidade mundial. Por exemplo, pode colocar em risco todas as instituições democráticas e a democracia em geral.

Vale a pena ler este livro para quem está pronto para formar sua própria opinião e especular com inteligência sobre a razoável intervenção do Estado no mercado, mas ao mesmo tempo não sendo tachado de pessoa de visão de extrema esquerda.

The Psychology of Achievement, de Heidi Grant Halvorson

Neste livro, a psicóloga social Heidi Grant Halvorson ajuda os leitores a definir as metas certas, dá dicas sobre como construir a força de vontade e explica como evitar o pensamento falho. A Psicologia da Realização o ajudará a atingir seus objetivos por conta própria e ensinará como motivar os outros, por isso é perfeita para gerentes ou pais.

O poder do hábito, de Charles Duhigg

O caminho para o sucesso é desenvolver os hábitos certos. Em The Power of Habit, o jornalista do New York Times Charles Duhigg explica como os rituais diários são moldados e como podem ser modificados para se programar para o sucesso. “O poder do hábito” ajudará tanto as pessoas com grandes objetivos e ambições quanto aquelas que desejam apenas mudar suas vidas para melhor.

Força de vontade por Kelly McGonigal

Este livro é um verdadeiro manual para a educação da força de vontade. Nele, o Ph.D., professor e psicólogo de Stanford Kelly McGonigal diz o que e como fazer para aprender como cumprir as promessas feitas a si mesmo. Igor Mann disse que “Força de Vontade” deve ser dada a cada aluno na admissão junto com um livro de registro, e o primeiro crédito deve ser por este livro.

“Nunca,” Elena Rezanova

Às vezes, o caminho para uma meta exige que façamos mudanças radicais. “Nunca” irá ajudá-lo a abandonar seu modo de vida usual e não desligar pela metade. O livro está dividido em seis partes, nas quais são analisadas todas as etapas do abandono da vida no piloto automático. Depois de lê-lo, a rejeição categórica da estabilidade anterior parece lógica, natural e nada assustadora.

Eu ouço através de você, Mark Goulston

Mark Goulston é um psiquiatra que treina policiais e negociadores do FBI. Em seu livro, ele fala sobre como se comunicar com as pessoas a fim de criar confiança nelas e alcançar o que deseja. Você não deve ver em seus métodos apenas um cálculo mercantil: as recomendações de Goulston ajudarão a convergir com as pessoas mesmo sem interesses egoístas.

“Ativando o charme de acordo com o método dos serviços secretos”, Jack Schafer e Marvin Karlins

E este livro conta como seduzir uma pessoa, agradá-la e fazê-la fazer o que você quiser. Este não é um guia para a hipocrisia. O autor simplesmente diz como ajudar algumas pessoas a agradar outras. Às vezes, em seus próprios interesses.

“Como falar com qualquer pessoa” por Mark Rhodes

Este livro o ajudará a superar a dúvida ao lidar com pessoas. O empresário e coach de negócios Mark Rhodes fala sobre como lidar com as barreiras psicológicas, iniciar uma conversa e se livrar do medo infundado da rejeição.

Como falar com babacas por Mark Goulston

Infelizmente, a vida nos traz não apenas pessoas maravilhosas, mas também pessoas absolutamente insuportáveis, que gostaríamos de evitar. O psiquiatra Mark Goulston, famoso por seu livro “I Hear Through You”, conta como se comunicar com aqueles com quem é impossível construir um diálogo construtivo, com o mínimo de danos e o máximo de benefícios.

Never Eat Alone de Keith Ferrazzi

As conexões são tão importantes para o sucesso quanto sorte, talento e perseverança. É o que diz Keith Ferrazzi, um networker cujo caderno contém números de presidentes, estrelas do rock e empresários famosos. O autor encontrou contatos úteis graças às estratégias de comunicação que descreve neste livro.

No mesmo comprimento de onda de Amy Banks e Lee Hirschman

Neste livro, a psiquiatra Amy Banks fala sobre quatro coisas que podem ajudá-lo a se relacionar com outras pessoas: calma, aceitação, ressonância e energia. As ferramentas práticas do livro, baseadas nas conquistas da neurociência moderna, ajudarão a “ajustar” o cérebro para relacionamentos fortes. As habilidades adquiridas podem ser usadas não apenas em relacionamentos românticos, mas também na comunicação com colegas ou familiares.

“Union of Dissimilars”, Yitzhak Adizes, Yehezkel e Ruth Madanes

Os opostos se atraem, mas manter esse relacionamento pode ser complicado. Os autores falam sobre como evitar conflitos se você for muito diferente de seu parceiro e como essas diferenças ajudam a criar uma família feliz.

O livro é baseado na metodologia de Yitzhak Adizes, que prevê quatro funções que os líderes empresariais devem assumir. Mestres em humanidades, Yehezkel e Ruth Madanes levaram essa técnica para o reino dos relacionamentos românticos e descobriram que esse comportamento ajudava a evitar brigas domésticas.

“A memória não muda”

Uma ferramenta mágica que o ajudará a se tornar mais inteligente e a manter uma excelente memória por muitos anos. Quebra-cabeças emocionantes e desafios para treinar sua mente e memória ajudarão a impulsionar seu cérebro. E o mais importante, eles são universais: adequados para qualquer idade. Lembre-se: não há memória ruim. Existem apenas pessoas preguiçosas que não querem treiná-la.

“O cérebro: um guia rápido”

“Ótimo, não ótimo”

Uma pessoa inteligente nunca coloca o dinheiro em primeiro lugar. Ele entende: é muito mais importante ser profissional, ajudar as pessoas ou dar sentido à vida de alguém. O livro de Beau Burlingham é sobre isso. Ela fala sobre como priorizar no trabalho e na vida e aprender a curtir o processo, desistindo finalmente da busca pelo lucro.

Brain Plasticity por Doidge Norman

Neste livro sobre o desenvolvimento da inteligência, o autor explica em detalhes a estrutura do próprio cérebro e como ele assimila as informações. O escritor enfoca o fato de que nossa atividade intelectual depende diretamente da plasticidade e flexibilidade do cérebro.

Doidge Norman argumenta que podemos desenvolver nosso cérebro da mesma forma que os músculos.

O livro contém muitos fatos interessantes e pesquisas médicas. É graças a isso que sua leitura se tornará ainda mais interessante e informativa.

“Neurologia. O que explica o estranho comportamento “, Eliezer Sternberg

Este livro para o desenvolvimento da inteligência foi escrito pelo médico Sternberg. Isso permitirá que você conheça melhor a essência interior de uma pessoa e penetre nas profundezas de sua consciência.

Você poderá entender o que nos motiva a fazer o que não queremos. Você também aprenderá muitos fatos interessantes relacionados ao comportamento humano.

O autor explica coisas complexas em palavras simples e acessíveis. Ele responde a muitas perguntas importantes sobre o subconsciente, memória, emoções, nossas ações e outras coisas.

O homem que confundiu sua esposa com um chapéu, Oliver Sachs

Oliver Sachs é um neurocientista renomado. No decorrer de sua história, ele conta casos clínicos fascinantes de sua própria experiência.

O autor deliberadamente faz muitas perguntas interessantes e, em seguida, dá respostas a elas. Se você ainda não leu os livros de Oliver Sachs, preencha esta lacuna de todas as formas. Quase todas as suas obras são extremamente úteis para o desenvolvimento da inteligência.

Ele conecta todas as suas explicações e raciocínios com o cérebro e a atividade mental de uma pessoa. O escritor tenta, o mais profundamente possível, tocar no fenômeno da memória para revelar a essência humana.

“A arte de pensar. O pensamento lateral como forma de resolver problemas complexos “, De Bono

Se você se empenha pelo desenvolvimento pessoal, este livro é apenas para você. Seu autor incentiva a pessoa a desenvolver seu intelecto, questionando qualquer afirmação.

Exatamente como o grande René Descartes ensinou.

De Bono argumenta que antes de tomar qualquer decisão, você deve definitivamente sujeitá-lo a críticas. Só então você pode ter certeza de que fez a coisa certa.

No entanto, devido ao fato de que uma pessoa, ao tirar qualquer conclusão, depende apenas de sua própria experiência, muitas vezes ela comete erros.

Depois de ler este livro, você aprenderá a fazer uma autocrítica adequada e a ter sucesso em circunstâncias difíceis. Os benefícios para a inteligência serão inegáveis.

Controle o modo do dia

Uma pessoa inteligente pode ser chamada de alguém que sabe organizar seu tempo. Ele se esforça para garantir que cada minuto seja programado e não perca tempo. Entre o trabalho ou o estudo, ele não fica ocioso, não assiste TV, não se envolve em atividades sem sentido. Ele trabalha consigo mesmo, está envolvido em uma autoeducação adicional, se comunica com as pessoas, aprende algo novo. Ao mesmo tempo, ele monitora a si mesmo e seu comportamento, também se dedicando a isso.

Como ficar mais inteligente controlando sua rotina diária? O sono demonstrou ter uma forte influência no desempenho mental. A concentração da atenção e da mente sofre com a falta de descanso. A base para o funcionamento normal do cérebro é o vigor, que é conseguido, via de regra, levantando-se cedo e indo para a cama cedo. Recomenda-se que você não durma mais do que 8 horas. Algumas pessoas se enganam ao acreditar que não há problema em ficar acordado até as 2 da manhã e cair em sono profundo até o almoço do dia seguinte. Nesses casos, você ficará muito letárgico, distraído e desatento. É melhor não discutir com os biorritmos, uma vez que o manejo correto deles é a chave para uma boa produtividade e atividade mental. Se possível, você pode até tirar uma soneca à tarde por cerca de meia hora, isso vai aliviar o cansaço e refrescar. Não devemos esquecer a atividade física regular,

Quais são os dez livros para ler para ficar mais inteligente? O que você precisa ler para se tornar mais inteligente?

Pense e reflita mais

Se não houver maneiras suficientes para você, e você ainda está pensando em como se tornar inteligente – ótimo! Você está no caminho certo! É preciso pensar muito para ficar mais inteligente. Claro, isso nem sempre deve ser feito, mas nos momentos em que for apropriado. Você pode escolher especificamente um momento para reflexão se não tiver tempo para interromper na pressa de assuntos importantes. Um passeio sozinho à noite ou antes de dormir é bom para esses fins. Se você não sabe no que pensar, tudo bem. Os temas virão por conta própria. Pense no futuro, prioridades, planos, empreendimentos, fracassos. Pense nas lições que você já aprendeu com sua vida, que experiência recebeu, em que “ancinho” você pisou e assim por diante.

É muito útil pensar no final do dia sobre as coisas que chamaram sua atenção. Pense no seu dia do início ao fim, reflita sobre o que foi útil para você. Pense em seus planos para amanhã, isso é muito útil. Talvez alguns de seus planos pareçam supérfluos para você. É útil pensar sobre o que você quer sonhar antes de ir para a cama. Sintonize o que é positivo e pense apenas no que é bom.

Ordem em pensamentos

Se você de repente perceber que está pensando em algo sem sentido ou sem importância, comece a colocar as coisas em ordem em seus pensamentos com urgência. Direcione-os na direção certa. É importante tentar encontrar o significado de sua vida e passatempo e pensar exclusivamente nessas direções. Tire da sua cabeça tudo que é insignificante e que está perdendo seu tempo. A ordem dos pensamentos é algo que influencia o desenvolvimento mental de uma forma incrivelmente forte. Ao eliminar pensamentos desnecessários, você se sentirá mais inteligente.

Converse com pessoas inteligentes e educadas

Como se tornar muito inteligente com a ajuda de livros e programas educacionais é mais ou menos claro. Outra forma de desenvolver habilidades mentais é comunicar-se com pessoas instruídas. Se não houver nenhum em seu círculo, eles precisam ser encontrados e incluídos nele. Combine com seus melhores amigos a leitura dos mesmos livros e, a seguir, converse sobre eles. Participe de várias reuniões e seminários, conheça novas pessoas e expanda constantemente seu círculo de amizades. No mundo moderno, as comunicações desempenham um papel importante. Se você está preocupado com seus amigos e deseja que eles também se tornem pessoas mais inteligentes, ajude-os a aprender como fazer de tudo para se tornarem mais inteligentes. Certifique-se de que isso tornará sua comunicação muito mais interessante, haverá muitos novos tópicos para conversa. Você começará a se sentir como um adulto que já conquistou muito graças aos seus esforços.

Compartilhe suas descobertas

Seja generoso. Nem todos podem ir com você. Deixe-os vivenciar as mesmas aventuras que você.

Tome a iniciativa
Não deixe para amanhã. Fale e faça agora mesmo. Vá onde você precisa estar. Não espere por um convite – convide você mesmo. Não se sente perto do telefone – ligue. Espalhe a palavra. Clique nos botões. Compre ingressos e divirta-se com o show.

Diga o óbvio (para você)
O que você sabe muitas vezes é um segredo para os outros, selado com sete selos. Algo que é tão antigo quanto o mundo para você parecerá uma ideia nova para alguém. Para você, a tarefa é simples; para outros, é um obstáculo intransponível. Sua mente está cheia de tesouros que ninguém mais pode ver. Traga-os para a luz. Quando você compartilha ideias, elas não são desperdiçadas. Pelo contrário, eles apenas se multiplicam.

Seja o elo de conexão, não o ponto final
Não fale apenas. Não apenas escute. Apresentar pessoas. Ajude estranhos. Compartilhe o que você sabe. É assim que uma ideia cresce como uma bola de neve e, eventualmente, se transforma em um evento. Seja o núcleo em torno do qual uma comunidade inteira é construída.

Viva de forma significativa

Se você não se importa com tudo, todos vão se importar com você.

Gaste seu dinheiro nas coisas certas Por
quem você paga? Quem te paga? Com que pessoas e empresas você está associado? Você concorda com suas políticas, práticas e comportamento? Eles combinam com você? Do contrário, você sempre pode mudar algo começando a gastar dinheiro em outra coisa.

Esforce-se para o máximo
Pergunte-se: este é o melhor possível? se não, o que é? E ocupe-se em alcançar o melhor.

Coloque as coisas em ordem
Dê às coisas mais importantes a maior prioridade. Todo o resto é organizado por si mesmo.

Mantenha simples

O ego atrapalha as idéias. Se a sua arrogância for mais visível do que a experiência, as pessoas irão evitá-lo.

Imagine o quanto você não sabe
Tudo o que você aprenderá será apenas um grão microscópico de areia em comparação com o vasto e imenso universo de informações. Deixe esse fato preocupante acalmá-lo.

Nem todo mundo quer que você tenha
sua maior conquista, não importa o quão impressionante possa parecer para você, para alguém é um pesadelo terrível. Seu bem mais valioso para outra pessoa é apenas lixo de mau gosto. Vanglorie-se com mais cuidado!

Pense em como
você é sortudo. Você merece o que tem? Talvez em parte. E o que você não tem? Provavelmente não. Reconheça o papel que coincidências, chances, processos sistêmicos (e sorte, é claro) desempenham em nosso mundo.

Tentar

Tente. Experimente novas ideias. Faça algo diferente. Você não cresce até sair de sua zona de conforto.

Admita seus desejos
Negar um sonho é cortá-lo pela raiz. Você não deve se sentir culpado por se esforçar por algo. Não há nada de errado em querer algo. Salve sua culpa no caso de você nem mesmo se dar a chance de tentar.

Ultrapasse seus limites
Se você não esteve em algum lugar, isso não significa que não gostará de lá. Se algo não é de sua responsabilidade, não significa que você não pode fazer isso. Cabe a você decidir em qual liga jogar.

Enfrente as coisas difíceis
Saiba que os obstáculos assustarão a maioria dos seus concorrentes. Além disso, via de regra, resolver os problemas mais difíceis traz a maior satisfação no final.

3 livros decentes sobre eficácia pessoal

O paradigma “1 vida – 1 profissão” está se tornando obsoleto e indo embora. Aprendizagem ao longo da vida é o que você precisa para se acostumar hoje. Há 10 anos não havia Instagram, mas hoje a plataforma criou uma dúzia de novas profissões. Todos.

Leia: Padrões do Habit Tracker 2 + dicas de aplicação

A tarefa do livro sobre eficácia pessoal é ajudar a pessoa a se dar conta de si mesma para trabalhar melhor, ensiná-la a concentrar seus esforços no importante, a aproximá-la de seu sonho de infância.

3 livros que você não deve ignorar:

  1. Steve Camp. “Super-heróis jogam grande.”

    Um livro sobre gamificação de objetivos. Como não definir fantasias globais e “dar meia-volta” de fileira em fileira, mas criar para você pequenas missões como em um jogo de RPG e se aprimorar em pequenos passos. A mensagem é que mesmo uma pequena mudança positiva na realidade é melhor do que voos globais de pensamento.

  2. Mason Curry. “Modo Genius. A rotina diária de grandes pessoas. “

    O livro é especialmente útil para a leitura de quem não valoriza o seu tempo e o dos outros, não sabe planejá-lo. Ele fornece exemplos da rotina diária de pessoas importantes que viveram em diferentes períodos da história. Entre eles estão Georges Sand, Agatha Christie, Kafka e Beethoven.

  3. Alexander Lyubishchev. “Tal trabalho voluntário.”

    O livro é escrito em forma de notas. Apesar do pequeno volume, é um trabalho valioso para o autodesenvolvimento, que ensina a planejar sua vida e não perder tempo em vão.

3 livros valiosos da literatura fundamental

Este exemplo inclui 3 livros que são universais. Sem palavras extras:

  1. Waldschmit. “Seja a melhor versão de si mesmo: como as pessoas comuns se destacam.”

    O autor resumiu os resultados de sua vida e identificou 4 qualidades da personalidade de uma pessoa, necessárias para a realização de suas ambições.

  2. Susan David. “Flexibilidade emocional.”

    O autor destrói a teoria do pensamento positivo. Como você precisa aceitar suas emoções com competência, por que desligar o piloto automático. Susan incentiva os leitores a reagir apropriadamente aos eventos de suas vidas e nunca agir automaticamente.

  3. Maxim Dorofeev. Técnicas Jedi.

    O livro ensina como distribuir adequadamente o estoque de força mental. Concentre-se no essencial e elimine o desnecessário. Como na regra 20/80 clássica

Fontes usadas e links úteis sobre o tópico: https://dnevnyk-uspeha.com/interesnye-fakty/knigi-dlja-povyshenija-intellekta.html https://fazarosta.com/top-10-samyh-umnyh-knig- desjatiletija -kotorye-objazatelno-sdelajut-iz-vas-intellektuala / https://Lifehacker.ru/40-books-that-make-you-better/ https://www.cosmo.ru/lifestyle/books/10- knig -kotorye-pomogut-stat-umnee-i-dostich-uspeha / https://zen.yandex.ru/media/ifo/10-luchshih-knig-dlia-razvitiia-intellekta-5c78b63e8b1dae00b30e379d https: //www.syl. ru / article / 151987 / new_kak-stat-umnyim-chto-chitat-chtobyi-stat-umnee https://econet.ru/articles/68150-kak-byt-interesnym-10-prostyh-shagov https: // 1timer. ru / podruchnyj-material / knigi-samorazvitie /

Fonte de gravação: lastici.ru

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ok com isso, mas você pode cancelar, se desejar. Aceitar Consulte Mais informação